Olá Visitante! Acesse sua conta ou Cadastre-se

Programação corrida

15:01 às 20:00

Bolsonaro pode indicar até 3 nomes para o STF.

Henrique Muzzi

O presidente da república, Jair Bolsonaro, afirmou nesta quarta-feira (10), que duas vagas do Supremo Tribunal Federal serão abertas nos próximos anos e que uma delas será ocupada por um jurista, segundo ele : "terrivelmente evangélico".

O comandante do executivo manifestou anteriormente a intenção de indicar um católico ou um evangélico para o Supremo, mas sem assumir um compromisso explícito publicamente.

Até 2021, dois dos 11 ministros do STF sairão: Celso de Mello e Marco Aurélio. Entretanto, Bolsonaro poderá ter uma terceira opção, caso Cármen Lúcia decida se aposentar, como já chegou a dar sinais.

A primeira indicação do presidente da república, antes de colocar um evangélico no cargo, será o Ministro da Justiça, Sérgio Moro, como cumprimento de compromisso firmado previamente com o ex-juíz.