Olá Visitante! Acesse sua conta ou Cadastre-se

Show de Sucessos

12:01 às 15:00

Participe! :

Ligue 3539-9292 ou participe aqui em nosso site!

Sarampo

Minas Gerais tem três casos confirmados de sarampo. São dois novos registros em relação ao último balanço, divulgado no dia 22, quando havia penas um caso da doença confirmado no estado.

Até o momento, não foi registrada nenhuma morte em Minas em decorrência do sarampo. Também não foi possível confirmar se as duas novas vítimas contraíram a doença em território mineiro ou em outros estados, já que os dois pacientes viajaram nos últimos meses. Além dos casos já comprovados, outros 13 notificados aguardam resultados clínicos para confirmar ou descartar a doença, que é altamente infecciosa.

Transmissão

A transmissão do sarampo ocorre de pessoa a pessoa por meio de secreções presentes na fala, tosse, espirros ou até mesmo respiração. Comum na infância a doença começa inicialmente com febre, manchas avermelhadas pelo corpo, sintomas respiratórios e oculares. A evolução da doença pode originar complicações infecciosas como amigdalites (mais comum em adultos), otites (mais comum em crianças), sinusites, encefalites e pneumonia.

Prevenção

A principal forma de prevenção é a vacina tríplice viral, que protege contra o sarampo, a caxumba e a rubéola. E que está disponível gratuitamente nos postos de saúde. A cobertura vacinal em Minas, no entanto, segue abaixo do recomendado: está em 85%, enquanto que o estabelecido pelo Ministério da Saúde é 95%. A faixa etária entre 20 e 29 anos é que mais preocupa. Entre essas pessoas, a cobertura vacinal contra o sarampo não passa de 35%.