Olá Visitante! Acesse sua conta ou Cadastre-se

Programação Liberdade

24hs de música

A culpa daquele que não é o culpado

Henrique Muzzi

Com 59% de aproveitamento, Levir Culpi não é mais o técnico do Atlético. O treinador reuniu com a diretoria na manhã desta quinta (11) e foi comunicado sobre a saída. Esta é a quinta vez em que Levir assumiu o comando do alvinegro. No currículo ele tem como principal conquista uma Copa do Brasil, em 2014 em cima do maior adversário, o Cruzeiro.

Levir retornou ao Galo no ano passado. Assumiu a equipe comandada por Thiago Larghi e com um bom trabalho conseguiu classificar o Atlético para a Libertadores. No entanto, ao contrário do que era esperado, o Atlético mais uma vez revelou ser ineficiente nas contratações. Jogadores sem qualquer possibilidade de atuar em alto nível chegaram aos montes ao clube, como: o meia Vinícius, Jair, Zé Welison, entre tantos outros. 

Sobrou a Levir um elenco ruim, que não tem sequer um goleiro reserva ou um camisa 9 que faça sombra a Ricardo Oliveira. Resta ao torcedor alvinegro um pingo de esperança com a chegada de Rui Costa, diretor que já mostrou ser competente em diversos clubs aos quais geriu. 

A Levir, o atleticano deveria agradecer e não hostilizar. Afinal, é e continuará como um dos maiores da história do clube.