Olá Visitante! Acesse sua conta ou Cadastre-se

Show de Sucessos

12:01 às 17:00

Denuncie a violência contra a mulher

Henrique Muzzi

 

Diferentemente de outros estados brasileiros, Minas Gerais teve um aumento no número de casos de violência contra a mulher. Os tristes dados foram revelados no Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Para que o leitor tenha ideia do problema, em 2016, 21 mil mulheres foram agredidas pelos companheiros. No ano passado, foram mais de 22 mil e 600 vítimas, um aumento de 3,4%.

E mais um caso foi notificado, desta vez em uma academia, na noite dessa segunda, dia 14, na região da Pampulha, em Belo Horizonte.

Uma jovem de 18 anos foi assediada dentro do local por outros rapazes, frequentadores da academia. Segundo pessoas que estavam no local, dois homens ficaram observando a mulher malhando, apontando e aproximando da jovem. A moça, então, teria parado o exercício e continuado em outro local. Não adiantou e a dupla a seguiu. 

Em seguida, ela procurou uma professora da academia para relatar o ocorrido e foi orientada a reportar o assédio à gerência geral. Foi quando, segundo a polícia, ela teria ouvido do gerente do clube que isso seria algo normal devido à roupa de ginástica que ela usava e à posição que estava durante a atividade. Os policiais foram acionados e ela prestou um boletim de ocorrência. A dupla envolvida deve depor nos próximos dias e podem responder por assédio sexual.

Especialistas destacam que para reduzir os dados, diversas medidas deveriam ser tomadas. A primeira delas seria aumentar o número de delegacias especializadas na defesa da mulher no interior do estado e a segunda seriam campanhas de conscientização, inclusive com o objetivo de alertar às mulheres, vítimas de violência que elas podem e devem denunciar o agressor.