Olá Visitante! Acesse sua conta ou Cadastre-se

Madrugada Viva Liberdade FM

00:00 às 04:00

Afastado

O apresentador do Jornal da Globo há 12 anos, William Waack está sendo acusado de racismo após ter vídeo polêmico vazado na internet. No vídeo, publicado nas redes sociais na tarde da última quarta-feira, Waack, de 65 anos, aparece durante intervalo do Jornal da Globo xingando e fazendo ofensas racistas. Nas imagens, onde o jornalista global aparece ao lado de um comentarista, ele está num local em frente à Casa Branca, sede do governo norte-americano.

Ao ouvir um carro buzinando na rua, Waack fica irritado e solta o ataque racista. “Tá buzinando por quê, seu merda do cac*te? Não vou nem falar, porque eu sei quem é… é preto. É coisa de preto!”, diz o jornalista ao colega, enquanto ri.

Diante da enorme repercussão do episódio, a Globo resolveu se pronunciar. A emissora afastou oficialmente o jornalista de suas funções e também soltou um editorial como resposta para o público. Por sinal, o editorial foi lido por Renata Lo Prete, que comandou o “Jornal da Globo” já nesta quarta-feira (8) no lugar de William Waack.

“A Globo é visceralmente contra o racismo em todas as suas formas e manifestações. Nenhuma circunstância pode servir de atenuante. Diante disso, a Globo está afastando o apresentador William Waack de suas funções em decorrência do vídeo que passou hoje a circular na internet, até que a situação esteja esclarecida.

O designer gráfico Robson Cordeiro Ramos e o amigo e ex-funcionário da TV Globo Diego Rocha Pereira são os responsáveis por gravar e divulgar as imagens. Segundo Robson os dois estavam indignados com a atitude de Waack e decidiram divulgar as imagens para um grupo de líderes do movimento negro. A intenção, segundo o designer, era mostrar como um jornalista sério também pode ser racista. Segundo ele, a demora na divulgação das imagens (um ano após a gravação) se deu por acaso. Há uma semana, Robson encontrou o vídeo guardado em seus arquivos e decidiu compartilhar. Com a repercussão do caso, o designer e o amigo negam terem feito isso em busca de dinheiro ou fama e afirmam já esperar represália da emissora.

Assista o vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=P-x3c8uORCc